3 oportunidades baratas de intercâmbio e excelentes para o seu currículo


Blog / quinta-feira, junho 22nd, 2017

Muitas pessoas acreditam que é preciso ser rico para morar fora. Mas a verdade é que você não precisa ser rico, não. 

Você nem precisa ter muito dinheiro. Falo com experiência própria. Tudo o que você precisa ter é cabeça aberta.

Estar aberto às oportunidades a sua volta, estar aberto à aprender habilidades novas, como idiomas (principalmente o inglês) e estar aberto a tentar.

Muitas pessoas sabem das oportunidades, têm habilidades, mas simplesmente têm medo de tentar. E por melhor que você ache que seja, o medo de tentar impede que você busque e realize! 

Se você está lendo este texto, é bem provável que você compartilhe alguns privilégios comigo, como acesso à internet, por exemplo (onde você vai encontrar a maioria das oportunidades). 

Tudo o que resta é que você se dê conta deste privilégio para agarrar as oportunidades a sua volta!

Neste texto, eu vou mostrar a você 3 oportunidades de intercâmbio que não requerem muito dinheiro! 

Essas oportunidades são, sem dúvida, porta de entrada para que você construa seu currículo internacional. São elas que vão diferenciá-los da maioria e vão colocar você mais perto de uma bolsa acadêmica internacional.

1. AIESEC

Se você tem entre 16 e 35 anos, frequentou ou frequenta a universidade e nunca ouviu falar da AIESEC, vamos parar por aqui porque chegou a hora de se atualizar!

A AIESEC é uma organização de estudante sem fins lucrativos e não-governamental presente em praticamente o mundo inteiro! O objetivo dela é preparar jovens para serem líderes e realizadores que se importam com as pessoas e com o mundo. 

Pela AIESEC, você pode se voluntariar em organizações não-governamentais de diversos países e realmente fazer a diferença nesses lugares. Pode trabalhar com crianças, ensinando um idioma, pode ajudar a organização com o que ela precisar e de acordo com as suas habilidades.

Você pode também de fato trabalhar em uma empresa internacional e receber salário.

Ao participar da AIESEC, você recebe assistência do escritório local, conhece gente do mundo inteiro e ainda pode morar na casa de “hosts”, que são pessoas que se voluntariam para receber internacionais em suas casas.

Você não só faz um bem danado para a humanidade, melhora seu currículo, seu idioma, conhece gente do mundo inteiro. Você vive uma nova cultura.

2. WorldPackers

O Worldpackers é uma empresa brasileira focada em trocar habilidades por hospedagem. Essa ideia é incrível e pretendo tentar um dia!

Já pensou compartilhar o seu tempo ou suas habilidades em um hostel em qualquer lugar do mundo? Você pode trabalhar com jardinagem, edição de vídeo, marketing, mídias sociais, guia turístico, bartender, promoter de festas e etc.

Quem passa pelo Worldpackers sem dúvida conhece gente de diversos lugares do mundo e aprimora muitas habilidades.

Mesmo que você tenha algumas semanas de férias, você pode economizar com hospedagem (e em alguns casos, alimentação), desenvolver um trabalho que pode ser relevante para o seu currículo e ainda se divertir com gente do mundo inteiro.

3. Enviando seu currículo para empresas por conta própria

A internet está aí! E é incrível a quantidade de oportunidades que você pode descobrir através da internet.

Muitas vezes você nem precisa de agências ou empresas ou ONGs para conseguir ter uma oportunidade fora. Dependendo do seu nível atual de habilidades e experiência, você pode conseguir sim ser contratado por uma empresa fora do Brasil.

Eu, por exemplo, consegui um estágio remunerado internacional apenas enviando o meu currículo e cover letter por email para uma chamada de estágio que vi no site da empresa.

Se você já tem alguma habilidade e acredita que alguma empresa internacional que conhece pode se beneficiar dela, não machuca enviar um email maroto perguntando de oportunidades e mostrando interesse no trabalho da empresa.

Se você não conhece empresa nenhuma, minha dica é procurar pelo Linkedin. Por lá, você pode se conectar com empresas do mundo inteiro. Vale a pena tentar.

E no fim das contas, se você conseguir sua vaga, vai ter uma oportunidade que vai abrir portas para muitas outras, como um emprego legal ao voltar para o Brasil, ou ficar mais tempo na empresa no exterior, ou mesmo estar mais preparado para receber uma bolsa acadêmica internacional.

Existem muitas oportunidades por aí. O mais importante é dar o primeiro passo e ir construindo seu currículo internacional aos poucos.

Você pode achar que não tem muitas habilidades agora ou que jamais conseguiria ser aceito em bolsas, empregos e estágios internacionais.

É por isso que eu criei este blog, para que você entenda que é possível sim avançar no seu sonho de estudar ou trabalhar fora.